Notícias

Notícias (28)

sábado, 13 maio 2017 20:22

Rodeados pelo mar

Escrito por

A Ilha da Berlenga foi o cenário deste sexto dia da Academia de Verão Tanto Mar. Entre explorações subaquáticas e caminhadas pela biodiversidade da ilha o que não faltou foi diversão neste dia passado com o mar por todos os lados. Logo pela manhã os jovens foram até ao porto de Peniche onde embarcaram no Cabo Avelar Pessoa, rumo às Berlengas. Depois de uma viagem algo atribulada a Semana Tanto Mar e o bom tempo chegam à Berlenga.

sábado, 13 maio 2017 20:18

O negócio do mar

Escrito por

No quinto dia da Semana Tanto Mar foi altura de conhecer a vertente económica das atividades marítimas. Desde uma visita ao porto de Peniche, passando por uma empresa de transformação de peixe e pelo centro de formação For-Mar, houve ainda tempo para um passeio numa lancha da Marinha e para uma conversa com jovens cientistas do CETEMARES. A manhã começou no porto de pesca de Peniche com o engenheiro Ricardo Esteves, diretor do Instituto Portuário e dos Transportes Marítimos (IPTM). Com 40 armazéns de pesca este é o maior Porto no país em termos de volume de peixe que recebe.

sábado, 13 maio 2017 20:15

Mar também é desporto

Escrito por

O quarto dia da Semana Tanto Mar foi passado na praia do Baleal. De manhã o Instituto de Socorros a Náufragos (ISN) fez uma demonstração de salvamento e há tarde a Clínica de Surf proporcionou aos jovens uma aula desta modalidade. O final do dia foi passado num ambiente mais relaxado com um workshop de ilustração científica. Nos séculos XVII e XIX a costa portuguesa era conhecida com a costa negra devido ao elevado número de mortes que nela aconteciam. Em 1892 Rainha Dona Amélia fica sensibilizada com esta situação e cria o Real Instituto de Socorros a Náufragos que com a implantação da República passa a ser denominado apenas Instituto de Socorros a Náufragos.

sábado, 13 maio 2017 20:12

Descobrindo Peniche e as suas histórias

Escrito por

O terceiro dia chegou em força com o início das atividades em Peniche. Num dia dedicado à história e cultura do mar nesta região houve ainda tempo ao final do dia para uma conversa com surfistas. Logo pela manhã os jovens despediram-se da Escola Naval para rumar até Peniche, cidade que os acolherá nos restantes dias da Semana Tanto Mar. Chegados à Escola Superior do Turismo e Tecnologia do Mar (ESTM) do Politécnico de Leira, onde ficarão hospedados, dirigiram-se para o auditório para a sessão oficial de abertura. Rui Marques, CEO da Forum Estudante, abriu a sessão. "A Semana Tanto Mar é uma iniciativa de que a Forum se orgulha muito. São já 300 os jovens que passaram por Peniche e ficaram a conhecer o potencial enorme da ESTM e da importância do mar para Portugal." Depois do visionamento do vídeo da Semana Tanto Mar do ano passado, Rui Marques desejou a todos os participantes uma grande semana e deixou ainda a dica: "o mar constitui um recurso importante para Portugal e pode ser central no vosso futuro". O subdiretor da ESTM, Sérgio Leandro, também se dirigiu aos jovens afirmando que "está a ser um grande prazer planear estas atividades de que vocês vão poder usufruir". Agradeceu ainda aos patrocinadores uma vez que "para chegarmos a esta 6ª edição foi preciso um trabalho conjunto de várias entidades". "Todos temos ouvido que o mar tem potencial que precisa de ser explorado", concluiu Sérgio Leandro "mas isso só é possível se conseguirmos cativar jovens para concretizar esse objetivo". Já o Comandante do porto de Peniche, Pedro Silva, em representação da Marinha Portuguesa, deu os parabéns aos jovens que foram selecionados para "esta oportunidade única". "Espero que tenham tido um bom fim de semana na Escola Naval", continuou, "e que tenham aproveitado todas as atividades. Espero também que tenham ficado com o bichinho de vir a ter uma profissão ligada ao mar e - porque não? - na Marinha."

sábado, 13 maio 2017 20:08

O presente e o passado da Marinha Portuguesa

Escrito por

Neste segundo dia da Semana Tanto Mar, dividido entre Lisboa e o Alfeite, os 50 jovens viajaram pelo passado da Marinha, ficaram a conhecer um dos seus órgãos atuais e ainda tiveram oportunidade de agarrar no leme. Logo pela manhã os participantes deslocaram-se até às salas de simuladores da Escola Naval. Aqui puderam participar numa simulação na qual tinham de manobrar um barco pelas águas do Tejo, passando por baixo da ponte 25 de abril e até enfrentando condições adversas, como uma tempestade e águas agitadas.

sábado, 13 maio 2017 20:06

Todos a bordo da Semana Tanto Mar

Escrito por

Arrancou hoje a 6ª edição da semana Tanto Mar, a iniciativa da Forum Estudante, da Escola Superior de Tecnologia e Turismo do Mar e da Câmara Municipal de Peniche, que reúne 50 jovens de todo o país à volta do tema do mar. A aventura começou no Alfeite, na Escola Naval, onde os participantes puderam visitar as instalações da Escola, como as salas de aula, os dormitórios e as infraestruturas desportivas, e ficar a saber um pouco sobre o dia a dia dos seus cadetes. Descendo até às docas, os jovens subiram a bordo da fragata NRP Nuno Álvares. Numa viagem pelo interior do navio puderam conhecer alguns dos equipamentos e a sua função, nomeadamente aqueles utilizados na ponte, o centro de controlo do barco. Houve ainda oportunidade de conhecer o armamento e radares da fragata.

sábado, 13 maio 2017 20:02

Adeus Peniche! Adeus Semana Tanto Mar 2014

Escrito por
No último dia da 5ª edição da Semana Tanto Mar ainda houve tempo para novas aprendizagens. Desta vez num meio de transporte pouco habitual: a nossa viagem foi feita num comboio turístico o que nos permitiu ter uma nova perspetiva sobre a paisagem ao longo da costa. Começámos a nossa manhã com um percurso ao longo da falésia onde nos explicaram os diferentes tipos de rocha desta região, as suas características e o seu processo de formação e desgaste. Dali, seguimos para o Cabo Carvoeiro onde percebemos a importância do farol para os barcos que andam em alto-mar e tives oportunidade de subir ao farol. Lá de cima tivemos uma fantástica vista sobre o oceano e a cidade de Peniche. Era tempo de nos despedirmos da ESTM e da Semana Tanto Mar. Entre lágrimas, trocas de t-shirts e dedicatórias fica a saudade e a vontade de repetir tudo outra vez.
sábado, 13 maio 2017 19:56

Viver e estudar em Peniche

Escrito por
No penúltimo dia da nossa aventura marítima, ficámos a conhecer melhor o que a Escola Superior de Turismo e Tecnologia do Mar (ESTM) tem para nos oferecer. Logo pela manhã, começámos por ouvir antigos e atuais alunos da ESTM que nos falaram acerca dos seus percursos académicos e dos seus atuais projetos de investigação, em diferentes vertentes dos estudos marinhos. Depois de ouvir estes testemunhos, passámos a conhecer os laboratórios, essenciais à forte componente prática dos vários cursos da ESTM. Relacionado com a biologia marinho, fizemos uma dissecação de um ruivo e conhecemos a fundo as características de uma tintureira, uma espécie da família dos tubarões. Ligado à Tecnologia Alimentar, tivemos a oportunidade de produzir pérolas de groselha e perceber como funcionam as provas de vários alimentos e bebidas para que sejam certificadas antes de chegarem ao mercado. Numa experiência mais ligada à biotecnologia, tentámos adivinhar o que eram algumas amostras de substâncias através das suas características visíveis. E como hoje foi a nossa última noite, tivemos direito a uma sobremesa especial ao jantar: uma panna cota de maracujá preparada por alguns elementos de cada equipa. O espetáculo de encerramento foi o ponto alto do dia, em que todas as equipas prepararam uma música ou um teatro em que resumiram as atividades e algumas das peripécias desta semana. De surpresa, dois antigos participantes da Semana Tanto Mar que agora estudam na ESTM deram o seu testemunho sobre a importância desta semana a nível pessoal e profissional. Seguiram-se os prémios Cagarras de Ouro que premeiam anualmente os participantes em várias categorias como “o mais romântico”, “o surfista promissor”, “o mais animado” ou “a personagem” da semana, entre outros. Os representantes da ESTM e o presidente da Câmara Municipal de Peniche, principais patrocinadores desta semana, também receberam uma cagarra de ouro pela sua dedicação empenho ao longo destas cinco edições de Semana Tanto Mar. Tivemos ainda oportunidade de ver um curto filme realizado pelo Samuel Rodrigues ao longo da semana onde relembrámos todas as atividades, deixando a vontade de voltar e a saudade dos bons momentos que passámos. A finalizar, o presidente da C.M. Peniche, António José Correia, deixou o convite a todos para virem assistir ao campeonato do mundo de surf que se realiza em outubro, nesta cidade.
sábado, 13 maio 2017 19:53

Do oceano para nossas mãos

Escrito por
No 6.º dia da Semana Tanto Mar fomos conhecer o percurso de venda do peixe desde que é pescado até chegar ao comum consumidor. De manhã, fomos até ao Porto de Peniche onde nos esperava Ricardo Esteves, responsável por esta entidade portuária. Depois de nos explicar as principais atividades do porto – venda e leilão do pescado, construção e reparação de embarcações, tivemos oportunidade de assistir ao leilão matinal do peixe trazido pelos pescadores. De seguida, visitámos os estaleiros navais onde vimos um molde para um navio em fibra de vidro e outras embarcações, já no exterior, a serem reparadas e pintadas. À tarde, voltámos a encontrar-nos com a Marinha, que nos proporcionou uma saída para o mar a bordo da lancha “Sagitário”. Fomos ainda visitar a lancha salva-vidas do Instituto de Socorros a Náufragos, uma embarcação utilizada em missões de salvamento que é capaz de de dar uma volta de 360º em alto mar sem naufragar. Para terminar o nosso dia, voltámos ao Porto de Peniche para o leilão da tarde, bem diferente do que já tinhamos assistido pela manhã. O armazém onde decorria a venda do pescado estava cheio de caixas com muitas espécies diferentes, licitadas por compradores que enchiam as bancadas para levarem aos seus “mercados” o melhor peixe fresco. E porque o fim da semana e o espetáculo de encerramento se aproximam, à noite tivemos tempo para preparar a nossa apresentação.
sábado, 13 maio 2017 19:51

“Queremos voltar para a ilha”

Escrito por
É este o sentimento depois de um dia cheio de atividades na Ilha da Berlenga. Embora estivesse o templo nublado, chegada à ilha pareceu-nos um lugar longínquo, bem distante das paisagens a que estamos habituados. Para começar, tivemos uma pequena conversa com os instrutores de mergulho que nos explicaram os equipamentos, o seu funcionamento e quais os principais gestos que devemos utilizar debaixo de água quando algo está bem ou mal. Era hora de apanhar o barco e passarmos à ação. Esperávam-nos vários instrutores que nos iriam acompanhar na nossa jornada pelo fundo do mar. Debaixo de água, pudemos observar várias espécies marinhas até uma âncora de um navio naufragado. Mas o dia não foi só passado no oceano. Para além do mergulho, tivemos oportunidade de conhecer um pouco mais da biodiversidade da Berlenga numa visita à ilha e ao seu farol, onde tivemos uma vista panorâmica fantástica. De volta a Peniche, tivemos um wokshop de marinharia com um representante da FORMAR. Em exposição pudemos ver vários meios de pesca de diferentes espécies como as redes e os anzóis, alguns dos nós utilizados e meios de salvamente que habitualmente existem nas embarcações. Para além de vermos, pudemos aprender e fazer alguns dos nós usados pelos marinheiros: laios-guia, nó-torto, nó de bombeiro e o cochim.
Pág. 2 de 2